Caravanas anuais para Israel

É interessante como Deus nos chama ainda quando nós não temos nem idéia daquilo que Ele tem pra nós.

Fui chamada a viver um intenso Amor por Sião e por Seu povo – Israel.

No início, era muito complexo porque quem demonstrava alguma inclinação a este povo era discriminado, mas através da intercessão e do conhecimento profético bíblico do povo judeu, minha visão foi amadurecendo.

Éramos jovens apaixonados que sonhavam um dia ir à Jerusalém e dar a vida pela evangelização dos judeus. Chegamos a gravar um cd com o Ministério Oferta Viva, do qual eu liderava, com canções de amor à Jerusalém. Mas o que Deus tinha era muito maior que isso…

Começamos a formar um grupo de estudo entre aqueles que amavam a Cultura Hebraica. Realizamos chás-missionários, incentivamos judeus ao retorno, celebramos as Festas Bíblicas em praça pública… enfim… agora nos faltava ir à Terra Santa, de ônibus… isso mesmo, estávamos planejando atravessar o mundo e passar 1 ano viajando (eu e mais 15 irmãos)… graças a Deus, Ele interviu na história, senão tínhamos feito a maior aventura insana da nossa vida.

Havia um amigo que era como meu mentor da Cultura Hebraica… compartilhava muitas revelações e almejávamos ir um dia à Terra Santa… quando de repente Júnior, aos 21 anos, parte para a Eternidade. Confesso que por muito tempo desanimei e não entendi o que tinha acontecido, mesmo tentando, no seu velório, ressuscitá-lo… foi terrível pra mim… E foi como voltar ao ponto zero. Decidí esquecer aquele projeto missionário para poder dar continuidade à minha vida. Os anos se passaram, até que o Senhor me levou à Sião abrindo-me as portas de Jerusalém…

Na segunda vez que subi à Jerusalém, um judeu me disse: “a primeira vez, é emoção, a segunda vez é razão, mas  a partir da terceira vez, é missão!”

Já cumpri a minha terceira viagem e agora estou com uma visão esclarecida e comissionada.

Deus nos chamou para levar caravanas à Terra Santa em especial o NE do Brasil. E Ele me disse que a mente de Sião iria transformar nossa mente medíocre e sofrida. Vamos dar uma resposta ao sistema político brasileiro que decidiu nos fazer viver envergonhados.

Is 61.3

“ e dar a todos os que estão de luto e amargurados em Tsión, Sião, uma linda coroa em vez de cinzas; óleo de júbilo em vez de pranto, e um manto festivo de louvor em lugar de um espírito abatido. Eles serão chamados Carvalhos de Justiça, plantação de Yahweh para manifestação do esplendor da sua glória.”

Com esta visão, as caravanas se organizam do Nordeste do Brasil para subir à Terra da Benção do nosso pai Abraão. Sem dinheiro, mas com muita fé. E isso nos basta para ver a transformação do Nordeste Brasileiro…

O que seriam anos para gerar mudança de mente, nos bastariam 15 dias em Sião.

Subamos à Sião para que se cumpra em nós a Promessa do Mashiach Yeshua…

O ano que vem, o Nordeste, em Jerusalém…

 

Objetivos

O CRISTIANISMO NÃO PODERIA EXISTIR E NÃO EXISTIRIA SE NÃO FOSSE PELO POVO JUDEU. AS SUAS CONTRIBUIÇÕES SÃO A BASE DA NOSSA FÉ. WILLIAM BLACKSTONE

-Formar caravanas à Israel para gerar conhecimento bíblico e cultural da Terra Santa, assim como para prosperá-la  através do investimento financeiro dos seus peregrinos;

-Estabelecer cursos de língua hebraica para o bom manuseio das Sagradas Escrituras através dos seus originais;

-Restaurar a Doutrina da Igreja Primitiva iniciada em Jerusalem e desfazendo todas as aliancas romanas ainda existentes no Evangelho dos nossos dias;

-Pregar o Evangelho ao povo judeu;

-Fortalecer historicamente a influência do povo judeu na formação do povo brasileiro e sua cultura;

-Levantar uma escola judaico-cristã que nos sirva de base missionária em Jerusalém, para treinamento missiológico, estudos teológicos sobre a cultura hebraica e intercessão pelas nações;

-Estabelecer um relacionamento entre cristãos e judeus;

-Fabricar Novos Testamentos em hebraico;

-Promover a arte judaico-cristã através das Festas Bíblicas;

-Gravar cd`s, dvd`s e livros  com temas judaico-cristãos;

-Organizar conferências sionistas para a conscientização do povo judeu e dos cristãos a respeito das profecias  bíblicas em relação à Terra Santa e ao Povo de Israel;

-Defender os Direitos Humanos em prol do povo judeu e do povo cristão dando continuidade ao projeto de William Blackstone – o Pai do Sionismo Cristão;

-Organizar grupos de estudo para judeus ouvirem a respeito do Evangelho;

-Levantar intercessores de Sião.

to Top