COISAS DE DEUS E DOS HOMENS

Categories: Estudos e Ministrações

Marcos 8.31 – 33

31 Então, começou ele a ensinar-lhes que era necessário que o Filho do Homem sofresse muitas coisas, fosse rejeitado pelos anciãos, pelos principais sacerdotes e pelos escribas, fosse morto e que, depois de três dias, ressuscitasse.

32 E isto ele expunha claramente. Mas Pedro, chamando-o à parte, começou a reprová-lo.

33 Jesus, porém, voltou-se e, fitando os seus discípulos, repreendeu a Pedro e disse: Arreda, Satanás! Porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens.

Claramente temos conhecimento da existência de Deus, a quem adoramos e procuramos ver o seu rosto diariamente, em casa, nos cultos, de adoração em adoração.

Esse é o nosso Deus, quem fez todas as coisas que conhecemos e que ainda vamos conhecer. Tudo está ligado a ele.

Quando Deus teve a idéia de nos criar, em Adão e Eva, Ele plantou em nós uma capacidade criativa fenomenal, algo que somente Deus poderia ter feito. Deus nos fez com tudo o que precisamos já no HD, basta procurarmos nele as revelações e elas já estão ali prontas para serem usadas. Deus é realmente incrível.

Ainda na criação, foi nos dado um dom que USAMOS MUITO, mas sutilmente passa despercebido pelas entrelinhas bíblicas, escrito em Gênesis 2.7:

Gn 2.7 – Então, formou o SENHOR Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente.

O que o tradutor leu para traduzir por ser alma vivente foi a palavra Hebraica naphash = tomar fôlego (independente).

Recebemos então o dom de tomar fôlego, isto é agir independentes de Deus, se quisermos; poder decidir só.

O contexto é bem claro, tanto o pó da terra quanto o fôlego de vida eram de Deus, mas logo que Deus sopra o homem se torna um ser independente. Coube a Adão decidir ser um filho ou uma criatura.

Naquele dia nasceu, pela primeira vez a separação entre as Coisas de Deus e as Coisas dos Homens.

JESUS EXPLICA A DIFERENÇA ENTRE AS COISAS DE DEUS E DOS HOMENS

Marcos 8.34-38

34 Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se neguetome a sua cruz e siga-me.

35 Quem quiser, pois, salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á.

36 Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

37 Que daria um homem em troca de sua alma?

38 Porque qualquer que, nesta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.

Jesus inicia sua fala com “negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me”. Jesus ainda não havia morrido, não tinha passado pela cruz ainda. Talvez naquele dia não fez muito sentido, somente após a sua morte aquelas palavras fariam sentido real.

MAS O QUE SÃO AS COISAS DOS HOMENS?

As coisas humanas são praticadas afim de nos sentirmos auto-afirmadosaprovados para os olhos dos homens.

Pode até ser algo bom, uma formação acadêmica, aprovação em um concurso, muito estudo, horas a fio investindo em si mesmo. São coisas boas, mas apenas servirão para auto-afirmação.

Para quem você faz o que faz? Para qual finalidade você está fazendo o que está fazendo?

Que aproveita o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

As COISAS DOS HOMENS podem ter dois fins apenas:

1. Para nós; 2. Para nós e para o Reino de Deus.

Nunca somente para o Reino de Deus.

Quando fazemos COISAS DOS HOMENS sempre pensamos em nosso reconhecimento.

Adoração que gera Disco de Ouro, Disco de Platina? Reconhecimento de Deus quando adoramos e dos homens quando vendemos!

Isso são coisas dos homens, não de Deus.

No Versículo 33, de Marcos 8 lemos:

33 Jesus, porém, voltou-se e, fitando os seus discípulos, repreendeu a Pedro e disse: Arreda, Satanás! Porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens.

Fitando, Greg. eido = Examinar, Saber a respeito de tudo

Nosso Jesus LEU nos olhos de Pedro que ele não queria apenas livrar a Jesus da morte mas, fazendo isso, impediria sua ressurreição também.

Quando fazemos as COISAS DOS HOMENS matamos Jesus de novo, e impedimos que Ele ressuscite na vidas de outros.

Jesus não precisa morrer novamente, nós precisamos morrer!

As COISAS DOS HOMENS contaminam os outros.

Jesus fita os seus olhos nos discípulos ao falar com Pedro. Essa atitude nos revela que Jesus queria ler no coração dos outros se eles também já estavam contaminados com o veneno que contaminara a Pedro.

Pedro, vá embora (Arreda, Greg. hupago)! Todos já estavam contaminados.

O homem, sem o Espírito Santo, cogita das COISAS DOS HOMENS.

Quantas coisas fazemos durante o dia que não louvam somente a Deus?

Queremos o louvor para nós, talvez para nós e para Deus também, mas para Deus somente é muito difícil.

É preciso morrer para isso.

Que aproveita o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

Que adianta ser tão bom? Divulgar que é bom?

Se você quer divulgar algo faça em oculto. Jesus disse isso em Mt 10.26. Este é um texto que usamos muito errado. Utilizamos quando falamos de pecado, mas está escrito: 26 Portanto, não os temais; pois nada há encoberto, que não venha a ser revelado; nem oculto, que não venha a ser conhecido. 27 O que vos digo às escuras, dizei-o a plena luz; e o que se vos diz ao ouvido, proclamai-o dos eirados.

O que você fizer a Deus faça sem buscar glória humana, estas coisas ocultadas serão divulgadas pelo próprio Deus.

E O QUE SÃO AS COISAS DOS HOMENS?

1 Coríntios 2.11-16

11 Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o seu próprio espírito, que nele está? Assim, também as coisas de Deus, ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus.

12 Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente.

13 Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais.

14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

15 Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém.

16 Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.

A COISAS DE DEUS são conhecidas apenas pelo Espírito Santo.

A comparação de Paulo é perfeita.

Através da leitura de I Coríntios 2, podemos entender que existem DOIS espíritos que irão se opor em diversas decisões. São estes o espírito do homem e o espírito de Deus.

O espírito é o que o Ap. Paulo chama de MENTE.

A chave para entender as COISAS DE DEUS é ter o Espírito de Deus, ter a Mente de Cristo.

Podemos identificar um homem natural, carnal através de dois sintomas: LOUCURA e BURRICE ESPIRITUAL. (Vers. 14).

14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

O homem não aceita e não entende as coisas do Espírito.

Alguém sem o Espírito Santo torna-se LOUCO e SEM DISCERNIMENTO.

Certa vez, em uma viagem, perguntamos a um crente: Como está a sua cidade? Ele nos respondeu: “Muito boa, muito emprego, muita gente se mudando pra cá, o problema é só o calor, mas o prefeito até que tem feito um bom trabalho aqui”.

Era aquilo que queríamos saber? Queríamos um relatório espiritual, não natural.

Essa é a resposta de uma mente natural.

Perca a sua vida! Você ganhará a vida de Deus.

Viva para Cristo!

As COISAS DE DEUS nos estimulam a fazer tudo para a Glória dele somente.

As COISAS DE DEUS podem ter dois fins apenas:

1. O bem da Terra; 2. O bem do Homem

As COISAS DE DEUS convertem os homens.

Conclusão

O QUE DEVO FAZER: Coisas de Deus ou dos Homens?

A resposta é óbvia, as de Deus.

Eclesiastes 11.9 – 12.1

9 Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas.

10 Afasta, pois, do teu coração o desgosto e remove da tua carne a dor, porque a juventude e a primavera da vida são vaidade.

12:1 Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer;

Das coisas que fizemos e procuramos satisfazer o nosso coração e aos nossos olhos seremos cobrados.

Lembremos do Senhor enquanto há tempo e estamos felizes com Ele, pois Ele tem nos feito coisas maravilhosas.

Ele é sobremodo bom e misericordioso.

Sempre é tempo de voltarmos às coisas do Espírito de Deus, todos os dias, em todas as ocasiões.

Naquilo que o Senhor pensa, pensemos nós também. Nisto consiste a Mente de Cristo!

Author: eklesia

Deixe uma resposta